5 Perguntas para Ítalo Pires, músico e compositor da Mancha Verde

Ítalo Pires é músico e compositor. Nascido em Bragança Paulista, faz parte da Banda Pires e integra a ala musical da escola Nove de Julho, ao lado do seu pai Carlos Pires e do irmão Henrique Pires. Ítalo está no carnaval há 24 anos e desde 2016 faz parte da ala musical da Mancha Verde.

Quando e onde começou seu amor pelo carnaval? 

O amor pelo carnaval começou em 1999 quando comecei a desfilar na escola de samba 9 de Julho, aqui de Bragança Paulista, junto com meus pais.

Há quanto tempo está na agremiação e o que significa pra você ?

Na 9 de Julho estou há 24 anos e na Mancha Verde estou há 8. As duas escolas significam paixão, amor. É onde eu me sinto bem em fazer o que eu mais amo na vida.

Agremiação e comunidade: como você define essa relação? 

É uma relação muito boa. Todos sabem o seu papel durante os ensaio e no desfile. É muito respeito e comprometimento.

Quais são as maiores dificuldades que vocês enfrentam durante a organização do carnaval?

Aqui em Bragança vejo que estamos em um momento de reconstrução. A pandemia afastou muita gente e sinto que temos ainda pouca renovação no público que gosta do carnaval. Estamos sofrendo muito com isso. Apesar que, em 2023, com o novo sambódromo aumentou o interesse da população em poder assistir e também em participar. Mas acredito que essa dificuldade com o tempo vai melhorar. 

Em São Paulo, no meu seguimento que é a Ala Musical, nós trabalhamos sempre em comum acordo com a bateria e com a comunidade. Vamos criando durante os ensaios, melhorando, para chegarmos em um resultado de sucesso na avenida. É sempre uma dificuldade, mas o propósito é positivo. 

Qual é a importância cultural do carnaval para a cidade e para a sociedade em geral?

O carnaval é muito importante. Faz com que pessoas de outras cidades ou até mesmo de outros países possam ver a cultura brasileira e ter mais conhecimento. Eu mesmo, que faço parte há 24 anos, através do carnaval, já respondi e acertei questões de vestibular devido ao conhecimento de enredos. Aconselho que enxerguem o lado cultural do carnaval com outros olhos, frequentando os ensaios, buscando saber o que a escola vai apresentar em cada quesito, procurar saber mais sobre os pontos positivos do carnaval. Além de te deixar feliz, amplia o conhecimento cultural sempre.

Produção: Ana Nascimento

Fernanda Oening

Jornalista e produtora. Editora do SambaNews. Paulistana, nascida e criada na Barra Funda, bairro onde conheceu um amor pra vida inteira: Camisa Verde e Branco. Foi passista e destaque da escola por anos. Não dispensa uma boa roda de samba!

Compartilhe com os amigos:

Acompanhe nossas redes

Mais Populares

Scroll to Top