Charles de Oliveira, o Japonêgo

O SN apresenta a você: Charles Japonêgo, um novo talento da MBP

Com seu inseparável violão, Charles Japonêgo chama a atenção pela voz melodiosa. O músico que está com sua agenda de shows suspensa, devido ao período de quarentena que estamos enfrentando, em decorrência do avanço do novo Coronavírus, encontrou uma forma de continuar animando a vizinhança e tem conquistado fãs e novos seguidores nas redes sociais, com as lives feitas pela janela da sua casa: “Live Show At Home”.

O cantor de 35 anos, se apaixonou pela música ainda na infância, quando aprendeu a tocar alguns instrumentos de percussão. “Desde moleque já escrevia e me arriscava a compor. Ouvia muita música boa no universo de discos de vinil de meu pai”, conta Charles.

Em 2008, junto com o músico Daniel Sam, idealizou a Banda Alienistas, que só foi formada oficialmente 3 anos depois, com repertório bem diversificado, passando pela MPB, rock, samba, reggae entre outros. 

“A banda resolveu dar um tempo, mas ainda fazemos alguns shows esporádicos durante o ano”, diz Charles, que após sete anos como vocalista, agora segue em carreira solo.

“Tenho muitos ídolos. Todos me inspiram. Djavan, Jorge Ben Jor, Tim Maia, Cartola, Fundo de Quintal e por aí vai… Impossível citar todos ou um só”.

E o Carnaval? Japonêgo diz gosta do Carnaval, mas não desfila em nenhuma escola. “Minha relação com o carnaval é mais de amor, por ser uma festa tão brasileira, tão nossa, do nosso povo”. Mas nem por isso ele deixa de ter uma escola de samba do coração: Nenê de Vila Matilde. “Pela tradição, pela história e por ser oriunda da Zona Leste de São Paulo”.

Um dos momentos mais marcantes de sua carreira foi ter se apresentado em uma das edições da Virada Cultura de São Paulo.

Gravar um álbum de sucesso faz parte de seus planos. “Mas ainda tenho muito a trabalhar e, quem sabe um dia, poder gravar com grandes nomes da música popular brasileira, como Djavan, por exemplo”, finaliza Charles.

Nome: Charles de Oliveira
Nome artístico: Japonêgo 
Idade: 35 anos 
Estado Civil: Casado 
Escola de Samba do coração: Nenê de Vila Matilde 
Bebida preferida: cerveja
Comida preferida: feijoada
Perfume: Individuel Montblanc
Música: O samba é meu dom (Wilson das Neves) 
Viagem Inesquecível: Maceió 
Sonho: ser muito bem sucedido com minha música

Quer saber mais sobre o cantor Charles Japônego? Acesse as redes sociais:

Fernanda Oening

Jornalista e produtora. Editora do SambaNews. Paulistana, nascida e criada na Barra Funda, bairro onde conheceu um amor pra vida inteira: Camisa Verde e Branco. Foi passista e destaque da escola por anos. Não dispensa uma boa roda de samba!

Compartilhe com os amigos:

Acompanhe nossas redes

Mais Populares

Scroll to Top