Edgar Jr, o coreógrafo de muitas comissões

Há 7 anos atuando como coreógrafo em comissões de frente, Edgar Jr passou por escolas como Camisa Verde e Branco e Gaviões da Fiel

Edgar Jr
Foto: Acervo Pessoal

Edgar Jr nasceu numa família de sambistas, grande parte integrante do Camisa Verde e Branco. Seguindo os mesmos passos, estreou no carnaval de São Paulo em 1999, como apoio do seu tio, que era destaque na escola da Barra Funda. Desfilou o enredo “Escancarando Corações Verde e Branco: Elymar Mais Popular”, uma homenagem ao cantor Elymar Santos. Logo após seu primeiro desfile, veio o convite para que integrasse, como dançarino, a comissão de frente da agremiação.

De lá pra cá, não parou mais. Depois de 14 anos compondo a equipe, em 2013 veio o convite para que assumisse a Comissão de Frente, como responsável coreográfico e artístico da escola. “Um carnaval inesquecível pra mim, por ser minha estreia como coreógrafo e, principalmente, por ser na escola que eu já desfilava há tantos anos”, conta Edgar.

Edgar Jr
Foto: Acervo Pessoal

Em 2017,  ele deixa a escola e no ano seguinte passa a liderar a comissão de frente da Gaviões da Fiel, desfilando o enredo “Guarus – Na aurora da criação, a profecia Tupi… Prosperidade e paz aos mensageiros de Rudá“, assinado por Sidney França, hoje, carnavalesco da Águia de Ouro.  

Em 2019, a agremiação corintiana reeditou o enredo de 1994 sobre a história do tabaco, “A Saliva do Santo e o Veneno da Serpente”. E a comissão de frente, coordenada por Edgar, trouxe para a avenida uma lenda que relacionava o tabaco ao Santo Antão, que teria vivido no Egito entre os anos de 251 e 356. A lenda conta que o santo acolheu em sua casa uma serpente e após ser traído e picado, cuspiu o veneno no chão, surgindo aí um pé de tabaco. O desfile causou polêmica e o grupo sofreu fortes críticas da Frente Parlamentar Evangélica da Câmara dos Deputados, pois trazia entre os personagens, Jesus e o Diabo, num embate durante o desfile.

Comissão de Frente Gaviões da Fiel 2019
Foto: Reprodução Globoplay

Mas isso não prejudicou o trabalho feito por Edgar Jr e sua equipe. “Foi um ano que a comissão estava impecável, com uma interpretação digna e que nos rendeu um reconhecimento bacana do público”, diz ele. 

O coreógrafo deixou a escola Gaviões da Fiel após o desfile de 2020 e até o fechamento desta matéria ainda não tinha contrato com nenhuma outra agremiação. Quando perguntado sobre seu futuro no Carnaval de 2021, a resposta não poderia ser outra: “Espero estar no Anhembi, no nosso palco mágico! Focado, inspirado e trabalhando”

Nome: Edgar Ataide Ribeiro Junior
Signo: Capricórnio 
Idade: 34 anos
Estado Civil: Solteiro
Bebida preferida: Água 
Comida preferida: Feijoada 
Perfume: Empire 
Música: Construção, do Chico Buarque 
Viagem Inesquecível: Natal (RN) 
Sonho: Ser campeão do carnaval

Fernanda Oening

Jornalista e produtora. Editora do SambaNews. Paulistana, nascida e criada na Barra Funda, bairro onde conheceu um amor pra vida inteira: Camisa Verde e Branco. Foi passista e destaque da escola por anos. Não dispensa uma boa roda de samba!

Compartilhe com os amigos:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Acompanhe nossas redes

Mais Populares

Scroll to Top