Monarco da Portela é indicado ao Grammy Latino

Sambista concorre na categoria Samba / Pagode com CD lançado no início do ano

Monarco

Vai ter Brasil, sim, no Grammy Latino e quem irá nos representar é, nada menos, que Hildmar Diniz ou Mestre Monarco. Presidente de honra do Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela, o cantor tem 14 álbuns na ficha técnica. Seu último trabalho De Todos os Tempos tem produção assinada por Mauro Diniz, seu filho, e foi lançado pelo selo Biscoito Fino. São 16 faixas que registram o melhor de sua história, em sambas assinados por ele, desde o início da sua carreira.  

Agora é torcer para que o grande Monarco traga a estatueta para o Brasil e que a conquista seja comemorada com muito samba de raiz no bairro de Madureira, no RJ.

Mônica Silva

Paulistana, da Freguesia do Ó. Jornalista, assessora de imprensa, especialista em produção editorial para publicações em segmentos diversos. Sempre teve Rosas de Ouro como primeira referência de carnaval. Já desfilou pelo Império de Casa Verde e também frequenta ensaios nas quadras das principais agremiações da zona norte.

Compartilhe com os amigos:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Scroll to Top